Sem a ternura precisar morrer... arranque a etiqueta de sua roupa

Enviado por marcelonada, qua, 2013-01-09 09:42


Marcos Hill

Belo Horizonte

ARTIGO publicado originalmente em DESVIOS NO DISCURSO (Poro). Belo Horizonte: CEMIG e autores. 2005. p. 43-49.


2005



Relacionados



 

Agentes

Compartilhe na rede

Comentários

Adicionar Comentário

Se logue ou se registre para poder enviar comentários